As comidas que dão mais dinheiro para os restaurantes

As comidas que dão mais dinheiro para os restaurantes

 

O investimento na área gastronômica nunca foi tão alto, com a popularização de programas de televisão como “Masterchef” e “Batalha dos Confeiteiros”, esse mercado está se desenvolvendo cada vez mais e gerando muito lucro para os restaurantes e lanchonetes. Esses ambientes andam aproveitando esse momento e disponibilizando pratos inovadores que oferecem uma oportunidade maior de ganhar dinheiro.

Um restaurante pode aproveitar receitas simples e populares para gerar um número alto de clientes, assim como também pode investir em receitas mais caras e que atendam um público com um alto poder aquisitivo. Ambas as estratégias são válidas na hora de fazer o seu restaurante render. Separamos alguns dos pratos que mais dão dinheiro nos restaurantes.

 

Strogonoff

O Strogonoff é um prato extremamente simples, mas que agrada a maioria das pessoas.  Além disso, ele pode ser preparado de diversas formas e com vários tipos de carne. Se você quer ter um prato popular, mas que ao mesmo tempo pode ser gourmetizado em seu cardápio, o strogonoff é uma boa pedida.

Pizza

Não há dúvidas de que as pizzarias possuem dão muito lucro. Ainda mais no Brasil, onde temos a cidade que mais come pizza do mundo: São Paulo. Por esse motivo, é sempre bom investir nessa receita, mesmo que o seu restaurante não seja uma pizzaria ou tenha um foco em massas. Ter uma pequena variedade de pizzas em seu cardápio, é garantia de um público maior, gerando mais lucro.

Flor de sal defumada

Com um valor muito acima do sal comum (cerca de 300% mais caro), esse sal possui um sabor extremamente diferenciado, apresentando um gosto de minerais e algas do mar da França e Normandia. Os cristais são utilizados no envelhecimento de vinhos e defumados em barris de carvalho. É um alimento utilizado em diversos pratos, encarecendo o valor da comida e gerando muito lucro para os restaurantes.

Trufa branca

Um dos alimentos mais caros do mundo e muito requisitado pelos grandes restaurantes. Ela é encontrada nos bosques de Alba, na Itália.  Ela gera muito lucro para os restaurantes, pois além de ser muito valiosa, é um alimento nobre e bastante procurado por pessoas de classe alta.

Foies Gras

Considerado um dos principais alimentos da gastronomia francesa, é um fígado de pato que possui uma textura amanteigada e sabor mais suave quando comparado ao fígado normal de pato ou ganso, além de possuir uma enorme versatilidade nos pratos. Ele é muito procurado pelos amantes de comida francesa, atingindo um público com um alto poder aquisitivo

Cogumelos Matsutake

Os cogumelos mais caros do mundo podem ser encontrados em países como Japão, China, Coréia, Estados Unidos, Canadá, Suécia e Finlândia. Podem ser utilizados em diversos pratos e há inúmeras maneiras de cozinhá-lo. É um bom ingrediente caso queira atingir um público vegetariano.

Caviar

Uma das iguarias de luxo mais populares do mundo, as ovas de esturjão, é um ingrediente muito versátil e muito valorizado pelas classes mais altas. Pode ser preparado de várias formas e até mesmo ser servido cru. Caso queira aumentar o valor de seu prato e gerar mais lucro, basta acrescentá-lo.

Macaroons

Um dos doces mais populares do mundo, essa receita se tornou símbolo da confeitaria francesa e, atualmente, ganhou seu espaço em diversos países. O macaroon é um biscoito crocante por fora e macio por dentro, apresentando um formato de um mini hambúrguer. Tendo uma versatilidade enorme de sabores (chocolate, laranja, morango, limão, pistache, baunilha, entre outros), essa receita movimenta o mercado de doces em todo o mundo, e tê-lo em seu cardápio, é garantia de um público maior.  O visual dele é bem atraente, podendo servir de estratégia para aumentar o número de clientes, e mostrar que seu estabelecimento está por dentro das tendências da gastronomia

Vinagre Balsâmico

Originado da cidade de Módena, norte da Itália. Ele é feito com suco de uva envelhecido. É um ingrediente muito caro, e que pode valorizar pratos simples de seu restaurante, aumentando o preço e o deixando mais nobre. É bem diferente do balsâmico encontrado no mercado, não levando o vinagre de vinho.

Kobe Beef

Considerada a melhor carne do mundo, ela é originada da raça bovina wagyu, no Japão.  Apresenta um processo de obtenção extremamente complexo, aumentando o seu valor no mercado.  Possui uma alta concentração de gordura entre as fibras, o que a torna uma carne muito macia e extremamente saborosa.